jornnn

Com pesar, Richa lamenta a morte de estudante em escola ocupada no Paraná

Com pesar, o governador Beto Richa lamentou a morte do estudante Lucas Lopes em uma escola estadual ocupada em Curitiba. Richa disse que se trata de uma tragédia chocante e que merece profunda reflexão. “Externo à família desse estudante a minha solidariedade neste momento tão doloroso”, disse Richa.
“A morte do estudante Lucas Eduardo Araújo Lopes, de 16 anos, é uma tragédia chocante, que merece uma profunda reflexão de toda a sociedade. É ainda mais gravíssimo e lamentável, porque aconteceu no interior de uma escola ocupada, que deveria estar cumprindo a sua missão de irradiar a luz do conhecimento e a formação da cidadania”, disse Richa.
Beto Richa renovou o apelo para que os pais redobrem o cuidado com os filhos. “Peço ainda, mais uma vez, que os estudantes encerrem esse movimento”, disse.
“A ocupação de escolas no Paraná ultrapassou os limites do bom senso e não encontra amparo na razão, pois o diálogo sobre a reforma do ensino médio está aberto, como bem sabem todos os envolvidos nessa questão. Que não se aleguem quaisquer justificativas para a continuidade desse movimento que vem causando prejuízos à educação do Paraná”, continua a nota.
Leia a seguir a sua íntegra
A morte do estudante Lucas Eduardo Araújo Lopes, de 16 anos, é uma tragédia chocante, que merece uma profunda reflexão de toda a sociedade.
É ainda mais gravíssimo e lamentável, porque aconteceu no interior de uma escola ocupada, que deveria estar cumprindo a sua missão de irradiar a luz do conhecimento e a formação da cidadania.
Externo à família desse estudante a minha solidariedade neste momento tão doloroso.
E renovo o meu apelo para que os pais redobrem o cuidado com seus filhos.
Peço ainda, mais uma vez, que os estudantes encerrem esse movimento.
A ocupação de escolas no Paraná ultrapassou os limites do bom senso e não encontra amparo na razão, pois o diálogo sobre a reforma do ensino médio está aberto, como bem sabem todos os envolvidos nessa questão.
Que não se aleguem quaisquer justificativas para a continuidade desse movimento que vem causando prejuízos à educação do Paraná.
É hora de responsabilidade e consciência sobre os direitos e deveres de estudantes, professores, famílias, autoridades e sociedade.
Curitiba, 24 de outubro de 2016.
Beto Richa
Governador do Paraná

Postar um comentário

0 Comentários