jornnn

Curitiba assina carta a líderes mundiais sobre mudanças climáticas


principalO C40, grupo de grandes cidades para liderança do clima, encaminhou uma carta aos chefes de estado do G20, grupo dos 20 países de economia mais forte do mundo. A carta foi assinada por 42 prefeitos e, entre eles, o de Curitiba, Rafael Greca. A mensagem da carta tem o objetivo de sensibilizar os líderes mundiais sobre a importância do Acordo de Paris, que visa mitigar o aquecimento global. 

O acordo é um tratado da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a mudança climática, em que as cidades se comprometem a adotar medidas de redução de emissão de gases poluentes a partir de 2020. Greca lembrou a vocação da capital paranaense para as questões ambientais. “Curitiba, desde muito cedo, se preocupou em preservar a natureza que a envolve”, disse. “Temos um grande interesse em desenvolver fontes de energia limpa, sobretudo a energia solar.”
Para o assessor de Relações Internacionais do Município, Rodolpho Zannin, a assinatura de Greca ao manifesto reforça a identidade de cidade inovadora e sustentável de Curitiba. “Ao honrar os compromissos do Acordo de Paris, enviamos uma mensagem de credibilidade e responsabilidade para a comunidade internacional”, pondera Zannin. “Curitiba está voltando a ter voz em importantes questões da agenda global.”
A superintendente de Controle Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Marilza Dias, entende que a ação para o desenvolvimento sustentável é um desafio constante. “É um compromisso permanente que assumimos e que não vamos abandonar", analisa.
Curitiba saiu na frente e continua sendo uma cidade voltada para a preservação, afirma Marilza. “Basta olhar com atenção para todos os programas e projetos, que vêm desde a década de 1970.”
O acordo foi negociado durante a COP-21, em Paris, e aprovado em dezembro de 2015. No entanto, a possibilidade levantada pelos Estados Unidos, um dos maiores emissores de poluentes do mundo, de desistirem do acordo, criou um clima de preocupação na comunidade internacional. Em um trecho da carta, a organização lembra que diversas cidades norte-americanas mostraram interesse em manter as prerrogativas do tratado. “Somos inspirados pela coragem de mais de 270 prefeitos pelo clima de cidades em todos os Estados Unidos da América que se comprometeram nas passadas semanas a adotar, honrar e cumprir o Acordo de Paris.”
Com o título Líderes do G20: Vocês estão prontos para nosso planeta?, a carta também ressalta o compromisso das grandes cidades do mundo em adotar práticas sustentáveis, premissa básica do acordo internacional.
Os signatários
Anne Hidalgo, Paris - presidente do C40
Ahmed Aboutaleb, Rotterdam
Steve Adler, Austin
Wasim Akhtar, Karachi
Herbert Constantine M. Bautista, Cidade de Quezon
Ada Colau, Barcelona
Denis Coderre,Montréal
Marcelo Crivella, Rio de Janeiro
Robert Doyle, Melbourne
Rahm Emanuel, Chicago
Helen Fernandez, Caracas
Phil Goff, Auckland
Rafael Greca, Curitiba
Hanna Gronkiewicz-Waltz, Varsóvia
Fumiko Hayashi, Yokohama
Frank Jensen, Copenhague
Raymond Johansen, Oslo
Georgios Kaminis, Atenas
Mohammad Sayeed Khokon, Dhaka Sul
Yuriko Koike, Tóquio
Eberhard van der Laan, Amsterdam
Horacio Rodríguez Larreta, Buenos Aires
Ed Lee, São Francisco
Patricia de Lille, Cidade do Cabo
Clover Moore, Sydney
Michael Müller, Berlim
Ed Murray, Seattle
Antônio Carlos Peixoto de Magalhães Neto, Salvador
Claudio Orrego, Santiago
Mauricio Rodas, Quito
Gregor Robertson, Vancouver
Giuseppe Sala, Milão
Yousef Al Shawarbeh, Amman
Mohammed Adjei Sowah, Accra
John Tory, Toronto
Karin Wanngård, Estocolmo
Martin J. Walsh, Boston
Ted Wheeler, Portland
Kam Sing Wong, Hong Kong 
Park Won Soon, Seul
Prof. Dr. Eckart Würzner, Heidelberg
O C40
O Grupo C40 de Grandes Cidades para Liderança do Clima é um grupo de grandes cidades mundiais, que tem o objetivo de combater a mudança climática. As cidades contém cerca de 50% da população mundial, consomem 75% da energia mundial e produzem 80% dos gases com efeito de estufa.

Postar um comentário

0 Comentários