jornnn

Projeto do Greca separa cobrança da taxa de lixo e IPTU























Foi aprovado nesta terça-feira, 19, projeto do prefeito Rafael Greca que desvincula as cobranças da taxa de lixo e do IPTU em Curitiba.


A decisão, da Câmara de Vereadores, integra as medidas do Plano de Recuperação, enviadas por Greca no começo deste ano. A ideia é equilibrar os custos do imposto sobre o contribuinte e reduzir o déficit do município com o serviço.

Atualmente, metade dos imóveis da cidade tem algum tipo de isenção ou imunidade da taxa. O desconto decorre de vantagens no imposto que automaticamente implicam nos valores lançados pelo serviço.

Tal vinculação isenta, hoje, cerca de 100 mil imóveis e outros 343 mil contam com algum tipo de abatimento.

A isenção da cobrança da taxa do lixo gera um custo adicional de R$ 209 milhões para o município, enquanto a arrecadação não ultrapassa R$ 120 milhões. Com isso, a Prefeitura de Curitiba precisa subsidiar a limpeza pública em R$ 84 milhões anuais.  


Aprovada nesta terça-feira, 19, a matéria segue agora para a votação em segundo turno ainda esta semana antes de seguir para a sanção do prefeito Rafael Greca.















Postar um comentário

0 Comentários