jornnn

FAS reabre casa de passagem para pernoite de pessoas em situação de rua

 

Depois de passar por uma reforma, a Casa de Passagem Plínio Tourinho, no bairro Rebouças, será reaberta para funcionamento permanente na noite desta terça-feira (23/10).  A incorporação do espaço à rede de unidades próprias e conveniadas à Prefeitura destinadas a abrigar pessoas em situação de rua é uma determinação do prefeito Rafael Greca. O objetivo é ampliar a oferta de abrigo aos moradores de rua que frequentam a região central da cidade. A reabertura será às 19h desta terça.
Nos últimos dois anos, a unidade funcionou como um espaço provisório para acolher a população em situação de rua nos meses de mais frio, quando a Prefeitura desenvolveu as Ações de Inverno – Curitiba que Acolhe.
A Casa de Passagem Plínio Tourinho atenderá exclusivamente pessoas encaminhadas pelo Centro de Abordagem 24 Horas - que faz a busca ativa de indivíduos em situação de rua e atende às solicitações que chegam à Central 156, e pela Casa da Acolhida e do Regresso (CAR), que funciona na Rodoferroviária.
Leitos
Situada no bairro Rebouças, junto à praça de mesmo nome e próximo ao estádio do Paraná Clube, a Casa de Passagem Plínio Tourinho oferecerá inicialmente 40 leitos por noite exclusivos para o gênero masculino. “À medida que a demanda for crescendo, abriremos mais vagas até o máximo de cem”, explica a coordenadora da rede municipal de Centros de Referência Especializados para a População em Situação de Rua (Centros Pop) e casas de passagem para adultos da Fundação de Ação Social (FAS), Simone Alibosek.
Adequações
Os cem leitos - todos em camas beliche - já estão prontos para atender à demanda em um grande dormitório comum. Para receber as pessoas, o espaço - que foi originalmente construído para funcionar como complexo esportivo coberto - passou por adequações dos sistemas elétrico e de esgoto, além de instalações de refeitório, divisórias e grades e de um contêiner que será usado para o serviço administrativo.
O custo da obra é de quase R$ 19 mil. O projeto de reforma da unidade será concluído em janeiro de 2019, com novos serviços como adequação de banheiros.
O local também é vizinho do Centro Pop Plínio Tourinho, onde os usuários podem permanecer durante o dia.
Como nas demais 12 casas de passagem da Prefeitura, na da Praça Plínio Tourinho também serão ofertados banho, roupas limpas e alimentação. Os usuários podem permanecer no local das 19h até as 7h do dia seguinte, inclusive nos finais de semana e feriados.
Juntas, essas unidades de pernoite oferecem hoje 1.007 vagas. Nos períodos de maior demanda, a capacidade do município de acolhimento de pessoas em situação de rua chega a 1.188 vagas.

Postar um comentário

0 Comentários