jornnn

Reforço no PDT

 

 Depois de ter passado sete anos no PPL (Partido Pátria Livre) e por ele ter sido eleito como deputado estadual, Marcio Pacheco cruzou a ponte e foi para o PDT.

O PPL não conseguiu atingir o mínimo de 1,5% dos votos válidos para a Câmara Federal e ficou sem acesso a recursos do fundo partidário e à propaganda eleitoral no rádio e na TV. Por conta disso, o PPL foi incorporado pelo PC do B.
A direção estadual do PDT diz que a chegada de Marcio Pacheco faz parte do projeto de reestruturação da sigla e que de agora em diante será mais democrático, transparente e participativo.
(Foto: PDT/Divulgação)

Postar um comentário

0 Comentários