jornnn

TJ mantém condenação de Richa no caso da viagem à Paris

O Tribunal de Justiça do Paraná rejeitou os embargos apresentados pela defesa de Beto e Fernanda Richa no caso em que o casal é acusado de viajar à Paris utilizando verbas públicas.
Cabe recurso.
Tudo começou com uma ação popular que denunciou uma viagem oficial para Xangai feita por uma comitiva de Richa. No meio do caminho havia Paris e a comitiva ficou na cidade por um final de semana. Quatro pessoas incluindo o governador e a esposa, que era secretária de Desenvolvimento Social na época, ficaram no Hotel Napoléon, onde a diária custaria cerca de 250 euros por pessoa.
Em agosto do ano passado, o TJ-PR confirmou a condenação do ex-governador e sua esposa no processo. Antes da decisão, o julgamento foi adiado por quatro vezes.
Em nota oficial, o governo afirma que a comitiva fez uma parada técnica em Paris, em função da disponibilidade de voos e conexões para Xangai.
(Foto: Geraldo Bubniak/AGB)

Postar um comentário

0 Comentários