jornnn

Câmara de Foz do Iguaçu amplia debate sobre políticas públicas para pessoas com Transtorno do Espectro Autista

Evento contou com a participação de representantes do Poder Executivo, médicos e familiares

Câmara amplia debate sobre políticas públicas para pessoas com Transtorno do Espectro Autista

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) foi tema de encontro na Câmara Municipal, na quarta-feira (29 de setembro). Proposto pela vereadora Yasmin Hachem (MDB), o evento contou com a participação de representantes do Poder Executivo, médicos e familiares.

Os profissionais destacaram implementação de políticas públicas inclusivas, diagnóstico precoce, participação da família e da escola como fatores que contribuem para o desenvolvimento das crianças.

"Reunimos pessoas envolvidas no segmento para melhorar diagnóstico, tratamento das pessoas com TEA, para que possam ter qualidade de vida muito melhor em Foz do Iguaçu", pontuou Yasmin. O médico pediatra, Thiago Castro, que participou do diálogo, destacou: “É importante que o serviço dê voz à população para que possamos buscar melhorias. Hoje vivemos em uma prevalência de que a cada 54 crianças que nascem, uma é autista. Então é algo extremamente comum e a gente consegue melhorar muito o tratamento dessas crianças quando temos diagnóstico precoce".

A secretária municipal de Saúde, Rosa Maria Jeronymo Lima, disse que "o diálogo é extremamente importante. É preciso ampliar e melhorar a qualidade de atendimento. Foi um papel muito importante chamar a atividade com famílias, profissionais técnicos, porque precisamos nos unir para ampliarmos o trabalho nessa área".


 por Diretoria de Comunicação CMFI

Postar um comentário

0 Comentários