jornnn

Edgar permanece no comando da prefeitura de Cascavel

Tribunal acata recurso e Edgar permanece no comando da prefeitura

Decisão foi tomada no início da noite de ontem pelo presidente do TRE
Edgar mantém o mandato até o julgamento da ação no TSE
O presidente do TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná), desembargador Rogério Coelho, acatou no início da noite de ontem o recurso suspensivo à sentença que cassou os mandatos do prefeito de Cascavel, Edgar Bueno (PDT), e do vice Maurício Theodoro (PSDB). De acordo com os advogados de defesa, com isso Edgar e Maurício permanecem nos cargos até o julgamento da ação pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em Brasília.
A cautelar foi protocolada no início da tarde ontem e enviada em seguida para apreciação do presidente do TRE. Por estar sob sigilo de justiça, apenas os advogados que atuam na defesa do prefeito tiveram acesso à decisão.
“Ficamos sabendo da concessão da liminar, mas ainda não sabemos os termos gerais da decisão. O Edgar fica no cargo por algum tempo. Ainda não sabemos se até o julgamento do processo ou até o recebimento da ação pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral)”, explicou Marcos Boschirolli, advogado de Edgar.
Caso seja até o recebimento da ação, a defesa prepara outra cautelar no TSE para garantir o mandato do pedetista até o julgamento do mérito na terceira e última instância, que agora vai concentrar a “briga jurídica” entre as partes do processo.
Os mandatos do prefeito e do vice foram cassados no dia 12 de novembro pelo TRE-PR, acatando recurso impetrado pela defesa do Professor Lemos (PT), segundo colocado na eleição municipal de 2012. Na oportunidade, o Tribunal indicou a posse imediata do petista e seu vice Walter Parcianello (PMDB), mas os recursos previstos pela lei protelaram a execução da sentença. A defesa de Lemos diz que vai recorrer junto ao TSE.

Postar um comentário

0 Comentários