jornnn

Após mais de 90 dias, servidores técnicos encerram greve nas universidades federais

Do G1 PR:

Os servidores técnico-administrativos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Instituto Federal do Paraná (IFPR) e da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), que estavam em greve desde o dia 17 de março, decidiram encerrar a paralisação e retornar ao trabalho nesta quarta-feira (25). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Terceiro Grau Público de Curitiba, Região Metropolitana e Litoral do Estado do Paraná (Sinditest), em Curitiba a paralisação afetou diretamente o atendimento no Hospital de Clínicas (HC), que é vinculado à UFPR. Em todo o estado, quase 3 mil servidores aderiram à paralisação.
Ainda segundo o Sinditest, não houve nenhuma reunião de negociação durante o período e o retorno ao trabalho foi decidido para cumprir uma ordem judicial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) de terça-feira (17), que determinou o fim da greve e o retorno imediato às atividades da categoria. O sindicato disse que vai entrar com recurso contra a decisão.
Entre as reivindicações dos trabalhadores estão o piso de três salários mínimos, a antecipação da parcela do reajuste que está programada para 2015, além da revogação das leis que criaram a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público (FUNPRESP).

Postar um comentário

0 Comentários