jornnn

Paulo Rocha é lançado pré candidato a Deputado Federal pelo PSB

Num evento que contou com a presença de várias autoridades, lideranças de Foz do Iguaçu e Região, na noite desta terça feira (03/06), no Rafain Centro, o vereador Paulo Rocha foi oficializado como pré candidato a deputado federal do PSB e deve disputar a vaga na Câmara Federal em Brasília este ano.

Quem coordenou a reunião, foi Alecxei da Costa Santos, atual presidente da executiva municipal do Partido Socialista Brasileiro em Foz do Iguaçu.
Participaram e manifestaram apoio a pré candidatura de Paulo, o vereador Zé Carlos, que exerce atualmente a presidência da Câmara Municipal, o vereador Rudinei de Moura que representa a UVB no Paraná, Gilson Conzatti, presidente nacional da UVB (União dos Vereadores do Brasil) e muitas outras lideranças de toda a cidade.

O vereador e pré candidato a deputado federal Paulo Rocha, destacou que colocou seu nome a disposição do partido, para disputa deste pleito por vontade da população iguaçuense, alegou que falta representação de nossa cidade na Câmara Federal, falou também sobre a sua vitória na ultima eleição, foi o mais votado do PSB, partido do atual prefeito Reni Pereira.

“Fui mais votado na ultima eleição do que pessoas que já foram deputados, como Dilto Vitorassi, Professor Sergio, Chico Noroeste e avaliando neste contexto, tenho muito mais chances que eles, de se eleger,” disse Paulo, que salientou a pré candidatura do ex prefeito de Curitiba, Luciano Ducci a deputado federal pelo PSB, o partido tem perspectiva de que o mesmo alcance perto de 300.000 votos, mais a legenda do PSB no estado, o partido poderá alcançar 3 cadeiras na Câmara Federal, ele acredita na vitória em Foz contando apenas com 30.000 votos.

Paulo destacou que baixar a menor idade penal para 16 anos, não iria resolver o problema da criminalidade no Brasil, pois ai os jovens seriam recrutados para o crime organizado mais cedo, que em sua opinião o mais justo, seria reduzir a idade para o trabalho, de 16 anos para 14 anos, pois ai os jovens estariam buscando mais formação profissional, pois o que mais falta em nossa cidade, é mão de obra qualificada, e nossas cadeias estão lotadas, “nossos jovens precisam trabalhar e estudar, buscar uma formação adequada, pois eles tem que ter o dinheiro deles de uma forma justa e honesta, para assim, estarem ajudando a família deles e também longe criminalidade”, finalizou Paulo Rocha, com o ar de felicidade com os quase 300 amigos que o acompanharam na reunião.


Jornalista Marcos Cardoso

Postar um comentário

0 Comentários