jornnn

Ban Ki-moon visita Foz amanhã 07/08

itaipu
Depois de participar da cerimônia de abertura dos jogos olímpicos Rio 2016, nesta sexta-feira (5), o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, desembarca com sua comitiva em Foz do Iguaçu, na fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina, no fim de semana. O roteiro inclui visita às Cataratas do Iguaçu, à Itaipu Binacional e ao Parque Tecnológico Itaipu (PTI).
No desembarque, sábado (6), no Paraná, o dirigente da ONU e comitiva serão recebidos pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra; o ministro da Saúde, Ricardo Barros; o governador Beto Richa; e a vice-governadora Cida Borghetti.
Na usina, a recepção será feita pelos diretores gerais brasileiro e paraguaio, Jorge Samek e James Spalding, pelo diretor de Coordenação, Nelton Friedrich, e pela diretora financeira executiva, Margaret Groff.
Essa será a segunda vez que Ban Ki-moon estará na Itaipu Binacional. A primeira visita à usina aconteceu em fevereiro de 2015, como parte de uma agenda oficial de dois dias ao Paraguai.
Na ocasião, o secretário reafirmou o papel de liderança da binacional no desafio de melhorar as condições socioambientais do planeta e de ajudar milhões de pessoas que ainda não têm acesso à energia elétrica.
Na época, ele também ressaltou que a sustentabilidade está no topo das preocupações da ONU – e que os projetos de Itaipu estão alinhados com esse processo de transformação da sociedade. Em março do mesmo ano, a Itaipu receberia o prêmio ONU Água, em reconhecimento às ações do Programa Cultivando Água Boa.
Agenda da visita
No domingo pela manhã, por volta das 8h, o secretário e comitiva fazem o passeio da trilha das Cataratas, acompanhados pelo chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Ivan Carlos Baptiston.
Por volta das 10h, Ban Ki-moom se desloca para a usina de Itaipu, onde fará um tour panorâmico, seguido de visita ao PTI. Ali, o secretário da ONU fará o plantio de uma muda de árvore de espécie nativa e conhecerá, entre outras iniciativas, o projeto de armazenamento de energia e mobilidade sustentável, o CIBiogás e as parcerias já desenvolvidas com organismos da ONU.
Os visitantes assistirão também a uma apresentação do Programa Cultivando Água Boa, que tem relação direta com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável.
Na sequência, a comitiva se dirige até o topo da barragem e ao Edifício da Produção. Logo depois, haverá um almoço para autoridades e visitantes. Às 14h, está previsto o deslocamento da comitiva para o Aeroporto Internacional de Puerto Iguazú, na Argentina, de onde o secretário seguirá para uma agenda de visitas internacionais.
A comitiva
A comitiva é formada pelos seguintes integrantes: Ban Ki-moon, secretário geral da ONU; Ban Soon-taek; Niky Fabiancic, coordenador residente da ONU; Stéphane Dujarric, porta-voz; Peter Van Laere, chefe do protocolo e coordenador de viagem; Chang Wook -jin, assistente especial do secretário-geral; Mary Sack, diretora de Assuntos Políticos;Mark Garten, fotógrafo; Capitão Bernard Robinson, Segurança da ONU; Elena Stroganova, secretária; Rogelio Villaluz, oficial de Segurança; Curtis Hunt, oficial de Segurança e Andrey Yudi, oficial de Segurança.
Visitas oficiais
Essa é segunda visita ilustre na Itaipu desde o fim de julho. No último domingo (31), a família real da Dinamarca esteve na usina. Foi a segunda vez em 17 anos. Com o evento da Olimpíada no Rio de Janeiro, aumenta o interesse de chefes de estados em conhecer a maior hidrelétrica do mundo em geração de energia.
A próxima visita confirmada é a da princesa da Tailândia, ainda sem data definida. Há 24 anos, mais precisamente em 1992, a princesa tailandesa Chulabhorn plantou um ipê-roxo no Centro de Recepção de Visitantes.
Habituada a receber reis, rainhas e celebridades, como a princesa britânica Diana, Foz do Iguaçu é um roteiro de visitas ilustres, do Brasil e do exterior. Em 2003, quem esteve em Foz do Iguaçu foi o cineasta Francis Ford Coppola, que retornou em 2010. Na Itaipu, ele plantou uma muda da árvore pau brasil. Em maio de 2008, o diretor geral da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (Unido), Kandeh Yumkella, também deixou sua marca na usina, com o plantio de uma pitangueira.

Postar um comentário

0 Comentários