jornnn

Taxistas confundem carro de segurança com Uber

da Banda B

O carro do gerente de segurança de uma casa de show que fica no bairro Novo Mundo, em Curitiba, foi confundido por taxistas com sendo Uber, motorista de caronas, no início da manhã desta terça-feira (15), feriado de Proclamação da República. A confusão gerou agressões de ambas partes, um homem foi filmado segurando uma arma e todos os envolvidos foram prestar esclarecimento no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul).
Um vídeo foi registrado no momento em que dois grupos se enfrentam em uma rua lateral à Linha Verde. Durante a confusão, um homem aparece armado, com a pistola apontada para o chão. Ele parte para cima de um homem, que seria taxista, e os dois se agridem. Diversas pessoas testemunharam a briga que aconteceu por volta das 7h.
Segundo informações de testemunhas, os taxistas estacionaram em frente a casa de show e iniciaram intimidações a carros pretos, na desconfiança que fossem motoristas Uber. A casa de show se manifestou à Banda B e confirmou que no estacionamento vallet, que possui no local, apenas o motorista entra para buscar o carro e, então logo depois, para em frente (ou ao lado da casa) para que amigos ou familiares embarquem no veículo. A dinâmica pode ter confundido os taxistas, que passaram a jogar pedras nos carros dos clientes da casa de show, segundo a gerência.
Entre um dos carros atingidos com pedra estava o do chefe de segurança da casa. Entretanto, não há informações se o homem que aparece no vídeo é o segurança da casa ou uma terceira pessoa, acionada durante a briga. O taxista Adriano Trindade, 33 anos, ouvido pela Banda B confirma a versão de que o início da confusão teria começado com intimidações a motoristas Uber.
“A gente estava trabalhando quando, de repente, saiu um cidadão lá de dentro intimidando os taxistas, ele se identificou como sendo policial, dizendo que um dos taxistas tinha jogado pedra no carro de um motorista Uber que era parente dele. Ele saiu apontando a arma na cara dos taxistas e começou a agredir alguns colegas, que não revidaram porque ele estava com uma arma na mão. Quando ele chutou um dos colegas, esse revidou. Ele tentou fazer disparos, mas a arma travou”, descreveu.
A casa de show afirmou que a confusão aconteceu do lado de fora e que os seguranças foram acionados para conter a confusão. A gerência não soube informar quem era o homem armado que aparece no vídeo, já que todos da equipe trabalham uniformizados. Cerca de vinte pessoas foram ao Ciac-Sul na manhã de hoje para prestar esclarecimentos sobre o fato. Até o fechamento da reportagem não havia informações sobre detidos.

Postar um comentário

0 Comentários