jornnn

Fim do horário eleitoral gratuito

O senador Paulo Bauer (PSDB-SC) propõe o fim do horário gratuito de rádio e TV para as campanhas eleitorais. Se conseguir votar no senado e na câmara até o início de outubro, a nova lei já será válida para a campanha de 2018.

Cobiçado e valioso, o horário eleitoral gratuito é um dos responsáveis pela união de partidos, muitas vezes sem nenhuma compatibilidade, em época de campanha eleitoral. Partidos de todas as ordens se associam para garantir maior tempo de rádio e TV.
No Brasil, só nos últimos 12 anos o horário custou aos cofres públicos R$ 3,5 bilhões, logo, de gratuito não tem nada – o governo paga às emissoras os valores referentes ao aluguel de propaganda em horário nobre, sem contar que a contabilidade da campanha empenha em média 60% de recursos na produção dos programas.

Postar um comentário

0 Comentários