jornnn

Contadora, servidora estadual e aposentado levam prêmios do Nota Curitibana

capa

Os prêmios do 11º sorteio do Nota Curitibana foram entregues nesta terça-feira (5/2) na Prefeitura. O primeiro prêmio, de R$ 50 mil, foi para a contadora Tessa Arali Paduano Rodrigues, moradora do Cabral. O segundo, de R$ 20 mil, foi para o aposentado João Marcos de Medeiros, do Tingui, e o terceiro, de R$ 10 mil, foi para a servidora estadual Celia Terezinha Barchik Antoniacomi, da Barreirinha.
A Associação Cristã de Assistência Social (Acridas) foi indicada para ser premiada pela primeira colocada do sorteio e irá receber R$ 25 mil. A Associação Social do Paraná, mantenedora do Asilo São Vicente de Paulo, recebeu R$ 10 mil, e a Pastoral da Criança foi agraciada com R$ 5 mil.
“Gosto muito desse programa e fico feliz que além de ajudar os premiados, o Nota Curitibana está ajudando também as pessoas a fazerem o bem”, disse o prefeito Rafael Greca, que estava acompanhado da primeira-dama Margarita Sansone e do secretário municipal de Finanças, Vitor Puppi.
Planos
“Esse dinheiro vai nos ajudar a pagar a faculdade da nossa filha, que passou em Publicidade e Propaganda nesse ano”, disse Tessa. Ela é doadora da Acridas e viu no programa a oportunidade de ajudar ainda mais a entidade. “Será um recurso muito bem-vindo, principalmente porque estamos expandindo nosso atendimento também para crianças de São José dos Pinhais”, afirmou Ângela Paula, coordenadora de captação de recursos da Acridas. Criada há 34 anos, a instituição atende 70 crianças de 0 a 12 anos no bairro Bacacheri.
A reforma da casa do aposentado João Marcos de Medeiros ganhou um reforço extra com o prêmio de R$ 20 mil. “Sempre peço CPF na Nota. É um recurso que veio em boa hora”, contou ele, que indicou a Associação Social do Paraná, mantenedora do Asilo São Vicente de Paulo, para receber R$ 10 mil. “Hoje 40% dos nossos recursos dependem de doações da sociedade e empresas. Já começamos uma pequena campanha, principalmente junto aos nossos funcionários, para que nos indiquem no programa. O Nota Curitibana é muito importante para nós”, disse Giceli Stoco, coordenadora geral da Associação Social do Paraná.
A funcionária estadual Celia Antoniacomi achou que se tratava de um trote quando recebeu a ligação informando sobre o prêmio. “Foi um susto e estou muito feliz. Meus amigos que não pediam CPF na Nota agora vão pedir. Tem gente até com inveja porque eu vou tirar foto com o prefeito”, brincou. O destino do recurso está definido: pagar algumas despesas, antecipar o pagamento de parcelas do financiamento do carro e comprar presentes para os netos.  
Voluntária na Pastoral da Criança, Celia escolheu a entidade para o prêmio extra. A irmã Veneranda da Silva Alencar, coordenadora nacional da Pastoral, conta que hoje são dez mil crianças atendidas somente em Curitiba. “Esse recurso será usado para formação e capacitação de lideranças, essenciais para a Pastoral”, finalizou.
Concorreram neste sorteio 973.072 bilhetes para 51.878 pessoas. Os cupons são referentes às notas pedidas no mês de novembro de 2018.
Para participar dos sorteios do programa, o contribuinte precisa fazer um cadastro no site do Nota Curitibana e informar o CPF na emissão da nota fiscal. É possível pedir o CPF na nota em vários estabelecimentos do setor de serviços, como oficinas mecânicas, escolas, cursos educacionais, academias, gráficas, salões de beleza, pet shops e estacionamentos.
Balanço
O programa Nota Curitibana, lançado no início de 2018, já distribuiu R$ 2,51 milhões em prêmios. Foram contemplados até agora 33.425 participantes e 19 entidades de assistência social.
Até agora 90.582 cidadãos fizeram cadastro no programa e são 104.378 empresas emissoras de nota na capital.

Além dos prêmios, os participantes podem abater até 30% do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e indicar entidades de assistência social, que também poderão receber premiação.

Postar um comentário

0 Comentários