jornnn

Bakri quer CPI para investigar suspensão de concurso da Polícia

 


o deputado Hussein Bakri (PSD), líder do governo na Assembleia Legislativa, propôs a instalação de uma CPI para investigar a suspensão do concurso público da Polícia Civil do Paraná. Bakri considera “incompetência, inconsequência ou má-fé” a decisão tomada pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná poucas horas antes da prova, quando 106 mil candidatos – muitos de fora do Estado – já estavam em Curitiba.

“Até para não prejulgarmos ninguém, uma CPI se faz necessária. E que seja comandada pelos deputados da segurança pública, que têm capacidade e competência investigativa para ajudar o Paraná nesse caso. É muito grave o que aconteceu e estou sentindo o cheiro de sabotagem. É inadmissível expor às 5h42 problemas que deveriam ter sido colocados anteriormente. Inclusive, é preciso entrar em contato com a UFPR a respeito do concurso da Polícia Militar marcado para o mês que vem, para que não siga o mesmo caminho”, afirmou Bakri.

Para o concurso da Polícia Civil, estão abertas 400 vagas, sendo 50 para delegado, 300 para investigador e 50 para papiloscopista. O Governo do Estado já adiantou que deve entrar com processo administrativo por quebra de contrato contra o NC-UFPR, cuja atuação foi considerada “inaceitável” e “desrespeitosa” pelo Governador Ratinho Junior.

Postar um comentário

0 Comentários