jornnn

Acabou a parceria de Alvaro Dias e Romário


Acabou a parceria de Alvaro Dias e Romário, que apoiou Rodrigo Pacheco (DEM-RJ) para presidente do Senado e não aprovou o fato de parte do Podemos ter apoiado Simone Tebet, do MDB-MS. “Avalio que o partido errou ao não apoiar Rodrigo Pacheco. Se tivesse apoiado, poderia ter hoje uma situação bem melhor no Senado, com mais protagonismo”, afirma o ex-craque de futebol da seleção brasileira.

O senador Romário de Souza Faria, de 55 anos, trocou o Podemos pelo PL. Ele deve disputar a reeleição, no Rio de Janeiro. Se o quadro estiver congestionado, pode ir a deputado federal. O presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, e o presidente do partido no Rio, Altineu Côrtes, operaram a filiação de Romário.

Postar um comentário

0 Comentários