jornnn

“Equipes foram ofendidas, mas os resultados foram bons”, diz prefeito de Guaratuba sobre barreira sanitária

 

No total, 292 veículos tiveram que dar meia volta e retornar para casa...

A barreira sanitária em Guaratuba, Litoral do Paraná, impedindo a entrada de turistas que não tivessem comprovante de residência durante o Feriado de Páscoa, gerou resultados positivos, apesar das ofensas que as equipes sofreram daqueles que tiveram que voltar para casa. A avaliação é do prefeito de Guaratuba, Roberto Jusus, em entrevista à Banda B na manhã desta segunda-feira (5). No total, 292 veículos tiveram que dar meia volta e retornar para casa.

(Foto: Divulgação)

 

“Difícil dizer que foi tudo certo em uma situação excepcional como essa. Fizemos nosso papel, com muito trabalho e enfrentamento a pessoas mais exaltadas, que ofendiam às equipes e se recusavam a voltar a cidade de origem. A barreira deu resultados, com bem menos gente entrando na nossa cidade”, disse o prefeito.

Para Justus, a medida se fazia necessária devido ao aumento de casos de covid-19 na cidade. “Nós buscamos frear a disseminação do vírus, que só se espalha quando as pessoas caminham na rua. O efeito tem sido bem acima do que a gente esperava. Menos casos confirmados, mortes e acreditamos nos bons resultados. Hoje estamos com uma média de 38 casos por dia. Medidas são positivas e as únicas que a gente vê eficiência”, pontuou.

Segundo o prefeito, a esperança é a vacinação em massa da população. “Nesta semana vamos ter mais uma etapa importante de vacinação e conforme ela avança a gente vence a doença. A gente tinha certeza que seria um 2021 mais tranquilo, mas infelizmente começamos mal. Apesar disso, eu renovo as esperanças de que no verão do ano que vem a situação será melhor”, concluiu.

Postar um comentário

0 Comentários