jornnn

TC flagrou políticos fura-filas

 

O Tribunal de Contas investiga um prefeito, três ex-prefeitos e 26 vereadores do Paraná que não se enquadram em nenhum dos grupos prioritários para a imunização definidos pelo Ministério da Saúde. Mas, como soi acontecer com políticos sem princípios, eles furaram a fila e tomaram a vacina na frente de profissionais da saúde na linha de frente e de idosos. Há suspeitas de que arrumaram um “jeitinho brasileiro” para vacinar parentes e assemelhados.

O Tribunal pediu explicações, As respostas dessa turma beiram o ridículo. Absolutamente inconvincentes. “Em alguns casos, solicitamos mais documentos comprobatórios e esclarecimentos. Em outros, porém, as informações prestadas até mesmo corroboraram as suspeitas de irregularidades. Para estes casos, será proposta a instauração de processos de Tomada de Contas Extraordinária, que podem resultar na aplicação de multas e outras sanções aos envolvidos”, explicou o coordenador-geral de Fiscalização do TCE-PR, Rafael Ayres.

Além disso, tendo em vista recentes tratativas feitas entre o presidente do Tribunal, conselheiro Fabio Camargo, e o procurador-geral de Justiça do Paraná, Gilberto Giacoia, o TC está encaminhando rapidamente as informações apuradas ao Ministério Público Estadual (MP-PR), para permitir que o órgão tome as eventuais medidas cabíveis nas esferas cível e penal, o que pode levar os responsáveis a terem de responder judicialmente por atos de improbidade administrativa e crimes como peculato, corrupção e abuso de poder.

Se você tem denúncia a fazer sobre os fura-filas, liguem para a Ouvidoria do TCE-PR. Os contatos com a Ouvidoria podem ser feitos de três maneiras: pela internet, via portal do TCE-PR; por ligação telefônica gratuita, pelo número 0800-645-0645, das 12h às 18h de dias úteis; ou por carta endereçada à Praça Nossa Senhora de Salete, s/n, Centro Cívico, Curitiba-PR, CEP 80530-910. O atendimento presencial está temporariamente suspenso em função da pandemia.

Postar um comentário

0 Comentários