jornnn

Polícia diz ter identificado suspeito que atirou e matou soldado da PM em Cerro Azul

Policial foi morto a tiros durante uma festa, em Cerro Azul, na Região Metropolitana de Curitiba

À reportagem, o delegado Bradock, da Delegacia de Bocaíuva do Sul, afirmou que o suspeito, de 21 anos, é conhecido pela polícia e era monitorado por uma tornozeleira eletrônica até o dia do crime.“Provavelmente a polícia identificou que ele estava na região e, após o crime, ele deve tê-la cortado e fugido”, disse o delegado.

Foto: Reprodução

Bradock contou também que a polícia “tem certeza que foi ele quem puxou o gatilho”. Ainda, o homem teria passagens pela polícia por assaltos, furtos e tráfico de drogas.

Segundo o delegado, investigadores já fazem buscas para encontrar o suspeito. Dois outros homens também estariam envolvidos no crime. O trio teria fugido com a arma do policial.

Crime

Fernando Hortz, soldado do BPTran, foi morto a tiros durante uma festa na zona rural de Cerro Azul, na RMC. O crime, segundo a polícia, aconteceu a cerca de 30 km da região central do município.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.) sobre o caso, um amigo da vítima teria o convidado para ir até uma festa de aniversário com familiares. Após esta comemoração, o soldado e o amigo decidiram ir até um baile, onde ocorreu a confusão e o crime.

Três pessoas teriam avançado contra Hortz e o agredido. Na sequência, o trio teria tomado a arma do policial e disparado contra ele. A vítima foi ferida na região do tórax e no pé direito.

Fernando teria morrido a caminho do hospital. O amigo dele também ficou ferido e está fora de perigo.

Os criminosos fugiram em um Volkswagen Gol de cor prata, com uma deformação na lataria do veículo, segundo o B.O.     

Da banda B

Postar um comentário

0 Comentários