jornnn

Prefeitura de Foz lança licitação para obras na Avenida Olímpio Rafagnin

 Investimentos são de R$ 9,7 milhões e as propostas deverão ser entregues até as 9h30 do dia 09 de setembro.

Após autorização judicial e com a anuência da Caixa Econômica Federal, a Prefeitura de Foz do Iguaçu publicou o processo licitatório para execução de obras na Avenida Olímpio Rafagnin, marginal da BR-277. As empresas interessadas em participar do certame poderão entregar as propostas até as 9h30 do dia 09 de setembro. A obra está orçada em R$ 9,7 milhões e os trabalhos deverão ser concluídos em até 210 dias.

“Como é de conhecimento público, as obras nesta via estavam paralisadas devido a processos judiciais. A retomada é reflexo de um trabalho coletivo entre o Município, União, Justiça Federal e o MPF. O edital já está publicado e a expectativa é concluir os serviços o mais breve possível”, comentou o prefeito Chico Brasileiro.

A licitação é do tipo menor preço e envolve serviços como terraplanagem, implantação de pavimentação asfáltica, pavimentação em concreto de ciclovia, galerias pluviais, pontos de ônibus, sinalização viária e paisagismo. As obras na Olímpio Rafagnin integram o pacote 2 do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do Governo Federal.

Avenida Olímpio Rafagnin

Com cerca de 7 km de extensão, a Avenida Olímpio Rafagnin está localizada na marginal da BR-277 e é a principal via de acesso ao bairro de Três Lagoas. Os serviços foram paralisados em 2016 por conta de irregularidades apontadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal (MPF) através da Operação Pecúlio.

Após a conclusão do processo judicial, o Município obteve autorização para lançar um novo processo licitatório. Nos últimos meses, a Secretaria Municipal de Obras fez novas sondagens e estudos de topografia, para garantir que os trabalhos atendam às necessidades atuais de tráfego e dos moradores da região.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Cézar Furlan, o projeto precisou ser refeito em alguns pontos e readequado em outros. “Alguns serviços que foram executados e perdidos, nós tivemos que refazê-los junto à planilha e o projeto da obra, por este motivo foi alcançado este valor de investimento”, explicou.

Recentemente, a prefeitura obteve parecer favorável da Caixa Econômica Federal – agente financiador – para publicar o processo licitatório.

Postar um comentário

0 Comentários