jornnn

SEQUESTRADOR É PRESO EM S. ANTÔNIO

 

OPERAÇÃO CONJUNTA ENCARCEROU BANDIDO TAMBÉM POR TENTATIVA DE HOMICÍDIO QUALIFICADO E ROUBO

No final da tarde desta terça-feira, dia 24, a Polícia Militar platinense deu cumprimento a mandado de prisão temporária expedida em desfavor de suspeito da prática dos crimes de sequestro qualificado, tentativa de homicídio qualificado e roubo, ocorridos na semana passada.

O caso ocorreu na última quinta-feira, 19, por volta das 23 horas, quando dois indivíduos armados, um com uma pistola e outro com uma arma longa, abordaram três vítimas que estavam paradas no interior de um  GM/Corsa, no Bairro Aparecidinho III. As vítimas, um homem de 39 anos, outro de 32 e uma criança de sete anos, foram rendidos e obrigados a ir para o banco de trás do veículo.

Em seguida, os criminosos mantiveram todos os sequestrados e os levaram até um canavial próximo à Fazenda Regina Helena, onde por cerca de uma hora passaram a ameaçar de morte os dois adultos. Porém, em dado momento, o de 39 anos conseguiu escapar e fugir, sendo perseguido pelos elementos que passaram a efetuar diversos disparos de armas de fogo, atingindo-o apenas no braço direito.


Pouco depois , encontrou por acaso bombeiros que estavam lidando com um incêndio nas proximidades e pediu ajuda. Então acionada a Polícia Militar que foi até o local e não encontrou as outras vítimas naquele momento.
Na sequência a criança e homem de 32 anos foram localizados pelos policiais militares em suas residências e narraram terem sido liberados no local indivíduos e voltaram a pé, pois os marginais subtraíram o veículo e se evadiram.

O caso foi passado para Polícia Civil que iniciou investigação sendo que o delegado instaurou inquérito para apurar o crime de sequestro qualificado em razão de uma das vítimas ter menos de 18 anos (artigo 148 do Código Penal), roubo majorado pelo concurso de pessoas e emprego de arma de fogo (artigo 157, §2º, inciso II e §2º-A, inciso I, do Código Penal) e tentativa de homicídio qualificado por recurso que impossibilite defesa da vítima (artigo 121, §2º, inciso IV, c/c artigo 14, inciso II, do Código Penal).
No domingo, dia 22, o Corsa foi recuperado pela PM e entregue à Civil.
Após realizadas investigações pela Polícia Civil, Rafael Guimarães representou pela prisão temporária de um dos suspeitos, de 20 anos e com passagens por roubo, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. O Ministério Público deu parecer favorável à prisão sendo decretada pelo juízo da Vara Criminal da Comarca de Santo Antônio da Platina. O mandado imediatamente cumprido após sua expedição.
A Civil aguarda a conclusão de outras provas que estão em andamento para finalizar o inquérito e ainda trabalha para identificar o outro autor dos delitos.

Postar um comentário

0 Comentários