jornnn

Capacita Foz oferta mais de 2 mil vagas em cursos de qualificação profissional na área do turismo

 Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade é parceira do projeto e está intermediando a divulgação junto às entidades assistenciais

Data de publicação: PMFI 02/09/2021

O Projeto Capacita Foz, uma iniciativa da Itaipu Binacional em conjunto com o Polo Iguassu, está com 2.250 vagas abertas para cursos nas áreas do turismo, como meios de hospedagem, eventos, guias de turismo, transporte, cultura, alimentos e bebidas, agências, entre outros. 

As capacitações terão duração de três meses e serão realizadas no formato on-line, duas vezes por semana. Além da oportunidade de aprimorar o conhecimento, os alunos receberão uma bolsa de estudo mensal no valor de R$ 550 durante o período do curso. Para participar, é necessário ter 18 anos completos, renda familiar máxima de até dois salários mínimos, ensino fundamental 1 e não estar empregado. 

As inscrições podem ser feitas pelo site: https://poloiguassu.org/capacitafoz/ ou de forma presencial, no escritório do Polo Iguassu, anexo à Secretaria Municipal de Turismo, na Avenida das Cataratas. 

O objetivo do projeto é capacitar profissionais ligados direta ou indiretamente ao turismo. “Em função da pandemia, muitas pessoas ficaram desempregadas e sem renda. Fizemos o curso Capacita Guias, que deu supercerto e foi um sucesso, e agora temos o Capacita Foz, com um leque de oportunidades para diversas áreas do setor”, explica Fernanda Fedrigo,  coordenadora geral do Polo Iguassu.

Para fortalecer a divulgação junto às entidades assistenciais, o Polo Iguassu firmou uma parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade, que está intermediando o diálogo com as instituições. 

Nesta quarta-feira (1º), a equipe de coordenação do Capacita Foz esteve na secretaria em conversa com representantes de mais de 20 entidades. Na ocasião, foram repassadas as informações sobre os cursos, os editais e a bolsas de estudos.

“Para nós é uma satisfação poder intermediar esse contato com as entidades, porque sabemos o quanto a pandemia afetou a vida de muitas famílias, e com esse projeto as pessoas terão a oportunidade de se qualificar, tendo ainda uma bolsa de estudos para auxiliar no período do curso”, comentou a secretária de Direitos Humanos, Kelyn Trento. 

Entre os cursos com inscrições abertas estão: Organização e planejamento do receptivo turístico; Gestão de pessoas em serviços de A&B; Comunicação Assertiva; Motorista de turismo; Guias; Guias (módulo avançado); Organização de Eventos; Operação de Eventos e Produtores Culturais.

Postar um comentário

0 Comentários