jornnn

Ney Patrício sugere ampliação das atividades no Distrito Industrial para acelerar a retomada econômica em Foz do Iguaçu

 


O Presidente da Câmara de Foz do Iguaçu, vereador Ney Patrício (PSD), vem se destacando com proposições e ações em defesa do desenvolvimento econômico. Contador e com experiências na direção de entidades de classe do setor empresarial, uma das prioridades do vereador é viabilizar medidas conjuntas para impulsionar a retomada da economia, na medida em que a pandemia vai sendo controlada com o avanço da vacinação.

Na sessão ordinária do último dia 9, Ney Patrício propôs a ampliação das atividades no Distrito Industrial para instalação de novas empresas, o que representa geração de empregos e arrecadação para a prefeitura investir em obras e serviços públicos. “A medida tem como objetivo ampliar as atividades para agregar valor ao ICMS, trazendo para nosso parque industrial grupos e investidores de setores com alto índice de geração de empregos em outros municípios”, disse o Presidente da Câmara.

Ney Patrício comentou sobre a arrecadação de ICMS - Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços, que caiu significativamente. Lembrou que em maio deste ano, uma Audiência Pública foi realizada pela prefeitura para a prestação de contas do último quadrimestre. No evento, líderes e autoridades municipais se reuniram para discutir os resultados obtidos, e o destaque foi para os baixos números referentes à arrecadação de impostos, se comparados ao ano passado.

Em uma conversa com o Prefeito Chico Brasileiro, o presidente da Câmara então propôs a ampliação das atividades permitidas no Distrito Industrial, visando fortalecer a retomada econômica pós-pandemia. “Nós ocupávamos o 4º lugar na colocação do Paraná, com maior arrecadação de ICMS, e agora, já estamos em 8º. Precisamos tomar as medidas necessárias para recuperarmos nossa colocação e resultados, se não, vamos perder muito mais”, afirmou Ney Patrício.

O Presidente da Câmara acredita que com a ampliação das atividades no Distrito Industrial, a garantia será de mais emprego e renda, além de reforçar o valor agregado do ICMS para fomentar novos investimentos municipais.

Da Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários