jornnn

OBRAS DA PERIMETRAL LESTE ABREM VAGAS PARA OPERADORES DE RETROESCAVADEIRA E ESCAVADEIRA

 O Consórcio JL - Planaterra – Iguatemi, responsável pelas obras da Perimetral Leste de Foz do Iguaçu (PR), que receberá investimentos de R$ 140 milhões da margem brasileira da Itaipu Binacional, está com duas vagas abertas, uma para operador de retroescavadeira e outra para operador de escavadeira hidráulica.

Para concorrer, é preciso ter experiência na função registrada em carteira. O salário mensal é de R$ 2.504,70 para operador de retroescavadeira, e de R$ 3.047,40, no caso do operador de escavadeira hidráulica. Os contratados têm direito à cesta básica no valor de R$ 235.

Obra financiada pela Itaipu, Perimetral Leste abre contratações. Foto: Sara Cheida/Itaipu Binacional

Obra financiada pela Itaipu, Perimetral Leste abre contratações. Foto: Sara Cheida

Os currículos apenas para essas duas vagas devem ser encaminhados para o e-mail aline.rodrigues@construtorajl.com, pelo número de WhatsApp +55 51 9578-1595 ou pessoalmente no endereço Rua Lagoa Vermelha, nº 10, Jardim Vitória. O horário de atendimento é das 8h às 17h. Todas as demais contratações para a obra serão feitas pelo sistema nacional de vagas, no endereço https://www.trabalhabrasil.com.br/, e também serão divulgadas. No pico da construção, a expectativa do consórcio é gerar de 400 a 500 vagas diretas.

A construção da Perimetral Leste está em andamento. O novo acesso, com 15 quilômetros, fará a ligação entre a Ponte da Integração Brasil-Paraguai, entre Foz do Iguaçu e Presidente Franco, e a rodovia BR-277. A obra ajudará a desviar o trânsito de cargas pesadas da área central e turística da cidade.

Início das obras da Perimetral Leste, financiada pela Itaipu Binacional. Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional

Perimetral Leste é financiada pela Itaipu Binacional. Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu Binacional

No total, a Itaipu direcionou aportes de R$ 2,5 bilhões para obras como a Perimetral Leste, a Ponte da Integração, a construção do Mercado Municipal de Foz, entre outras, além de novos contratos para modernização do setor elétrico brasileiro. Juntas, essas iniciativas somam mais de 2,5 mil empregos.

O diretor-geral brasileiro de Itaipu, general João Francisco Ferreira, ressalta que os investimentos estão em linha com a missão da empresa e as diretrizes do governo federal. “São obras que trarão mais desenvolvimento para a região e o País, com geração de empregos e dignidade para a nossa população”, conclui.

Postar um comentário

0 Comentários