jornnn

Clima aumenta incidência de casos de cálculo renal



A temperatura elevada e a baixa umidade relativa do ar, condições comuns em Brasília nessa época do ano, contribuem para o aumento dos casos de cálculo renal. Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), os problemas renais costumam aumentar cerca de 20% em períodos de seca e o principal problema relacionado ao clima é o cálculo renal, também conhecido como "pedra nos rins. "O clima seco e de altitude, como o de Brasília, favorece a sub hidratação e a desidratação, que são fatores fundamentais para a formação de cálculos urinários", explica o médico urologista Eriston Uhmann. Segundo ele, o problema atinge 15% da população, sendo, aproximadamente, duas vezes mais comum em homens do que em mulheres, principalmente, na faixa etária entre 20 e 40 anos.

Postar um comentário

0 Comentários