jornnn

Equipe da Secretaria de Assistência Social de Londrina visita Foz para conhecer projetos desenvolvidos no setor

A secretária londrinense, Jacqueline Micali, foi recebida pelo secretário Elias de Sousa que apresentou o trabalho integrado realizado em Foz

Data de publicação: 18/11/2021

Foto: Welyton Manoel/PMFI.

O secretário de Assistência Social de Foz do Iguaçu, Elias de Sousa, estará até sexta-feira (19), com a equipe de Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Londrina, liderada pela chefe da pasta, Jacqueline Micali. O grupo veio a cidade para ampliar as relações de trabalho, dentro da proposta de irmanação entre os dois municípios. 

Nesta quinta-feira, 18, a comitiva conheceu o funcionamento detalhado do setor, como os programas desenvolvidos por meio do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), cursos de formação profissional desenvolvidos em parceria com o SENAI e o envolvimento de todos os órgãos da Prefeitura no trabalho integrado de proteção social. 

Outro importante destaque foi a garantia da segurança alimentar durante a pandemia da Covid-19, através do Benefício Eventual Alimentação que atendeu todo público prioritário do CADÚNICO. 

“Nenhum trabalho é tão perfeito que não possa ser melhorado. Estamos aqui para mostrar, mas também para ouvir e saber o que pode ser reaproveitado, de acordo com a realidade de Londrina. Para todos os colegas de secretariado está sendo uma honra poder mostrar os projetos da cidade e aprender com os gestores de nossa cidade-irmã”, garantiu Elias. 

“Iniciamos um processo de remodelagem da nossa Secretaria e estamos em busca de novos projetos para avançar cada vez mais nas políticas sociais. Foz possui uma equipe muito capacitada e vimos como cada setor se empenha para desenvolver um trabalho integrado. Assim que se constrói a proteção social”, elogiou Micali. 

Além da secretaria, participaram também a diretora de Proteção Social Especial, Josiani dos Santos Nogueira, e a diretora de Proteção Social Básica, Adriana Santos, além da assessora técnica Juliana Catarino.

Por Foz, apresentaram os temas a diretora de Proteção Social Básica, Fabiana Siqueira; a diretora de Proteção Social Especial, Dayse Bortoli; o diretor de Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), André Santos; entre outros membros da equipe técnica da Secretaria Municipal de Assistência Social.

O grupo também esteve no Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS II), para conhecer o Serviço de Proteção a Atendimento Especializado às Famílias e Indivíduos (PAEFI), medidas socioeducativas, e crianças e adolescentes ameaçados de morte.

Já na sexta-feira (19), no CRAS SUL, haverá agenda no período da manhã, com reuniões abordando assuntos como o Serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias (PAIF), o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), vinculado aos CRAS.


Cidades-irmãs

A irmanação entre Foz do Iguaçu e Londrina foi formalizada em agosto, por meio de um protocolo de intenções para a troca de experiências e criação de projetos mútuos. 

Na última semana, o prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, esteve na cidade com cerca de 15 autoridades municipais para reuniões entre os gestores de diversos setores, como fazenda, administração, turismo, empreendedorismo, obras, segurança pública, entre outras pastas.

Postar um comentário

0 Comentários